fbpx

Tendências para a agricultura 2020 estão ligadas ao avanço da tecnologia

Tendências tecnológicas na irrigação

Para esperar 2020 com bons presságios no setor do agronegócio, separamos os temas que estão sendo mais comentados sobre o que esperar para a agricultura.

Em resumo, tudo está ligado ao avanço tecnológico e aos benefícios que isso traz para todos, desde o pequeno até o grande produtor.

Crescimento da Smart Farming

Smart Farming é o conceito sobre levar o melhor da tecnologia para a agricultura, automatizando processos e poupando mão-de-obra.

Essas práticas já estão se espalhando em propriedades com maiores produções. Mas a tendência é que produtores de pequeno e médio porte, incluindo a agricultura familiar, comecem a fazer parte dessa inovação.

Por exemplo, as famílias tendem a adotar o mapeamento por satélite (inclusive do próprio Google Earth), sensores de solo para otimizar sistemas de irrigação, drones para mapear o terreno e observar o andamento de toda a plantação e softwares de gestão de culturas.

Aumento das fazendas indoor

Mesmo que o LED já esteja presente na agricultura há um bom tempo, foi recentemente que essa tecnologia deu um passo maior e possibilitou as chamadas fazendas indoor.

Com essa tecnologia, é possível controlar o ciclo do dia artificialmente, fazendo com que um dia dure menos de 24 horas. Consequentemente, a produção também é acelerada e resulta em uma colheita em maior quantidade ao longo do ano.

Fazenda indoor
Fonte: Pinterest

Podem até ser comparadas com estufas, mas nas fazendas indoor os cultivos ficam em prateleiras altas, com diversos andares de cultivares. É a inovação que mais tem chamado atenção para o aproveitamento de espaço.

Esse modelo também aproveita mais da energia e da irrigação, com menos desperdícios. A tendência é que mais pessoas se interessem pelo modelo e comecem a investir nele já a partir de 2020.

Potencialização através da agricultura sustentável

Espera-se o crescimento da produção de alimentos para os próximos anos, mas o interessante dessa perspectiva é que ela está ligada às práticas sustentáveis.

A ideia não é mais apenas expandir a quantidade de terras para plantio, mas investir em modelos diferentes, que utilizem menos espaço e mais tecnologia de aproveitamento.

Essa tendência está diretamente ligada ao smart farming e às fazendas indoor. Quanto mais a tecnologia ajudar o produtor a controlar o uso de recursos (para que se use apenas o adequado), menos custos estarão envolvidos com produção.

A otimização de mão de obra através da tecnologia também ajuda no aumento da produção sem a necessidade de recorrer para expansão de terras.

Diminuição de sequeiros

Os sequeiros são as plantações que dependem somente da água da chuva. A tendência para 2020 é que o número de sequeiros diminua ainda mais por causa dos sistemas de irrigação que têm chegado em massa na agricultura familiar.

Se antes parecia impossível ter um sistema de irrigação por ser um grande investimento (principalmente quando olhamos para o modelo de pivô central), agora há outras soluções.

Um bom exemplo são os carretéis irrigadores que podem ser fabricados na medida certa de um terreno pequeno ou médio, o que diminui o custo inicial e se paga garantindo produtividade o ano todo.

Carretel de irrigação da IRRIGAT
Fonte: IRRIGAT | Carretel de irrigação da IRRIGAT

Conclusão

Todas as tendências que se esperam para 2020 estão ligadas ao aumento de produção com a ajuda da tecnologia, desde as mais avançadas (como o uso do LED e alguns recursos do smart farming) até as mais básicas (dos sistemas de irrigação).

Só temos a agradecer por esperar grandes avanços em nosso meio para 2020 e os anos seguintes. Também desejamos que a sua produção avance com tudo nesse próximo ano.

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *