Análise foliar: o que é e qual a importância?

Análise foliar, folhas verdes

Já dissemos em outros posts aqui no blog, ter um produto de qualidade para oferecer aos seus clientes é um item básico para qualquer tipo de agronegócio. Uma das maneiras de fazer isso é através da análise foliar.

Mas, o que é e qual a sua importância? A análise foliar é feita para conseguir informações sobre a planta e, consecutivamente, sobre as condições do solo. Quer entender um pouco mais sobre o assunto? Abaixo, fizemos um texto contando diversas informações sobre a análise foliar. Confira!

O que é análise foliar

Como já dissemos acima, a análise foliar deve ser um princípio básico para qualquer agricultor. Ela permite mensurar a qualidade de cada cultura e também serve para auxiliar na análise do solo. Os fatores mais específicos da análise foliar são:

  • Verifica o estado de nutrição e o uso de nutrientes de uma planta;
  • Ajuda a entender o desequilíbrio de carência ou toxicidade dos nutrientes nas plantas;
  • Permite entender a aplicação dos nutrientes perante o solo ou se eles não estão sendo aproveitados pela planta.

Na prática, a análise é realmente muito interessante, já que a partir desses estudos, podemos desenvolver melhorias condicionais para as plantas. Dessa maneira, os técnicos terão mais segurança na aplicação de adubação, correção de fertilização e irrigação das culturas, por exemplo, garantindo um negócio mais assertivo.

Como coletar amostras para análise

Para começar, colete amostras de folhas que irão compor as suas análises. O ideal é que você não as misture, mesmo sendo da mesma espécie ou de idades distintas. Para fazer isso, utilize sacos de papel e identifique cada embalagem devidamente. Isso irá facilitar na hora de enviá-las para o laboratório, com informações como: data de coleta, identificação do proprietário e da propriedade, e talho amostrado.

O que não fazer na hora de coletar amostras

  • não coletar amostras após a chuva ou com elas úmidas;
  • não use sacos de plástico para coletar as amostras;
  • também é importante não colher folhas após a pulverização com defensivos;
  • folhas com danos mecânicos, pragas, insetos ou doenças, com tecidos mortos ou contaminados, prejudicam a qualidade da amostragem;
  • Se estão próximas a estradas e carreadores, não é aconselhável pegar amostras desta região.

Como resolver o problema da falta de nutrientes?

Com as amostras coletadas e já analisadas, chegou a hora de saber através do conjunto de informações qual o melhor plano de ação para melhorar o solo e o plantio do seu negócio. De maneira geral, daremos duas dicas bem importantes:

Calagem do solo

Este método serve para diminuir a acidez do solo, mas também pode ser usado para deixar as terras mais ricas de nutrientes, como o cálcio e o magnésio. O uso dessa técnica irá depender do tipo de resultado concebido na amostragem;

Irrigação do solo

Aguar o seu plantio é bem importante, não é mesmo? Contudo, se fizer isso de maneira correta, pode ser que seja o elemento necessário para contribuir nas melhorias do seu plantio. Com as informações provindas das análises, pode ser que a necessidade das plantas seja precisar de mais nutrientes provindos da água.

Achamos que você pode gostar: Métodos de irrigação: conheça os principais!

E então, o que achou de entender mais sobre o que é e qual a importância da análise foliar? É um instrumento muito importante para as produções de agronegócio, não é mesmo? Com toda certeza, essas análises irão aumentar a sua produtividade! Continue com a gente, se informe sobre fertilização e até a próxima!