fbpx

O que é e como acabar com pulgão na lavoura?

Pulgão

De olho na saúde da sua plantação? Quer saber como acabar com pulgão na lavoura?  Essa é uma das pragas mais comuns que assolam diversos tipos de cultivo. O problema é que, se não for tratada precocemente, pode colocar seriamente em risco a sua produção agrícola.

O que é pulgão?

O pulgão é um pequeno inseto da família Aphidoidea que muitas vezes se camufla no meio das folhagens por conta da coloração marrom ou esverdeada. Alguns também possuem asas.

Alimentando-se da seiva das plantas, o pulgão se multiplica rapidamente. Ele pode passar despercebido na plantação, até que as folhas das plantas começam a sofrer danos e ficar murchas, chegando à morte em alguns casos.

O pulgão é responsável também pela secreção de uma substância açucarada que facilita o desenvolvimento da fumagina, um fungo que prejudica a fotossíntese das plantas. E mais: ele pode ainda ser vetor de doenças causadas por vírus e bactérias.

A boa notícia é que existem técnicas eficazes para acabar com pulgão e evitar que essa praga traga prejuízos à sua lavoura. Veja mais abaixo!

Quais são os tipos de pulgão?

Os diversos insetos que englobam a família dos pulgões são divididos de acordo com seu hábito alimentar: os que se alimentam de plantas da mesma família são chamados de monófagos; e os que se alimentam de plantas de diferentes famílias são chamados de polífagos.

Além disso, também são classificados por subtipo, sendo que cada um tem certa predileção por determinadas culturas:

  • Aphis gossypii: ataca principalmente algodoeiros e meloeiros, deixando as folhas enrugadas, enroladas e deformadas, além de causar clerose e morte das plantas.
  • Sitobion avenae: ataca principalmente culturas de cevada, aveia, trigo, centeio, uva e triticale. Pode causar diminuição no número de espigas e grãos, além de transmitir fumagina e virose.
  • Rhopalosiphum maidis: ataca principalmente culturas de milho, cevada, aveia e gramíneas. Pode causar fumagina e transmitir vírus.
  • Myzus persicae: ataca hortaliças e diversas culturas, causando deformação das folhas das plantas e viroses.
  • Schizaphis graminum: ataca principalmente gramíneas e cereais, provocando amarelamento das folhas.

Como acabar com o pulgão?

Existem várias técnicas que podem ser utilizadas para combater essa praga em sua lavoura. Algumas são mais eficazes para determinados tipos de cultivo.

Antes de começar o controle, é importante colher uma amostragem e contar o número de pulgões por planta/folha, calculando a porcentagem de plantas infestadas.

As técnicas de combate mais comuns:

  • Para acabar com pulgão do algodoeiro, é recomendado fazer controle com químicos (inseticida) e cobrir o solo com material repelente ao inseto.
  • Pulgão do milho e pulgões verdes, que atacam hortaliças e cereais, podem ser combatidos através da inserção de inimigos naturais na lavoura (como as joaninhas), além do uso de inseticida.
  • Além dos combatentes químicos e naturais, é imprescindível eliminar os restos da cultura atacada e as plantas hospedeiras do pulgão para que a sua lavoura fique efetivamente livre da praga.

Soluções naturais, como mistura de fumo, álcool e sabão, solução de urtiga e de folhas de confrei, também podem ser boas aliadas no combate ao inseto.

Saiba o que é manejo integrado de pragas (MIP)!

Pronto para acabar com o pulgão na lavoura? Tente identificar quais são as áreas e os tipos de cultivo afetado, além de qual subtipo de pulgão está presente na sua plantação, e comece a testar as técnicas conforme nossas orientações!

Então, desejamos sorte e sucesso no trabalho. Até mais! 🙂

Powered by Rock Convert