Dúvidas comuns sobre o desperdício de água na agricultura

Mão despejando água em planta

Você já deve ter ouvido diversas críticas à agricultura, principalmente em relação ao consumo de água, não é?

A questão é que nem todas essas afirmações são verdadeiras e muitas coisas têm mudado nos últimos anos, especialmente quando se fala de tecnologia e boa utilização da água.

Confira aqui algumas perguntas e respostas sobre o desperdício de água na agricultura e saiba como informar as pessoas sobre esse tema tão importante.

A agricultura é o setor que mais gasta água no mundo?

Essa é a frase mais falada sobre a agricultura, mas reformulá-la já responderia muitas dúvidas. Na verdade, o Programa Mundial de Levantamento sobre a Água, organizado pela ONU, demonstrou que 70% do consumo de água é feito pelo segmento agrícola.

O que não se considera no senso comum, porém, é que isso não significa que a agricultura seja o segmento que mais gasta água.

O correto seria dizer que os negócios agrícolas são os maiores usuários de água no mundo, mas não quer dizer que a água se torna indisponível ou inutilizável.

Isso porque uma boa parte da água retorna aos rios, especialmente nas indústrias e no setor urbano, além da quantidade que é evaporada para as barragens e para auxiliar na geração de energia elétrica.

Ou seja, a agricultura é a maior usuária de água, por conta da real necessidade, mas isso não quer dizer que seja um setor que a desperdiça ou não a reaproveita.

Quais práticas ajudam na redução do consumo de água na agricultura?

A tecnologia tem sido uma grande aliada para auxiliar na diminuição do desperdício de água. Algumas práticas já estão mais difundidas, enquanto outras ainda exigem maior investimento financeiro.

A captação da água da chuva para uso posterior, por exemplo, é uma das alternativas mais acessíveis atualmente.

Existem também os sistemas integrados de lavoura-pecuária-florestas, que são estratégias para proporcionar uma produção sustentável, unindo diferentes atividades na mesma área.

O resultado é que os produtores agrícolas também se tornam produtores de água limpa, elevando a produtividade e aumentando os recursos naturais.

Além disso, o plantio direto e a utilização de curvas de nível são técnicas que otimizam a utilização de água.

De qualquer forma, a principal dica para os agricultores é que utilizem somente a água necessária para a sua cultura, sendo criterioso quanto ao desperdício. Também é preciso evitar alguns erros na irrigação, que auxiliam na redução do consumo!

Como enfrentar a crise hídrica?

A crise hídrica, também conhecido como estresse hídrico, é quando a demanda por água é maior que a capacidade de renovação. Uma das formas de enfrentar esse problema — que além de influenciar na agricultura, é social — é a criação de reservatórios de água.

Essa reserva tem como objetivo armazenar a água e utilizá-la para fins como a irrigação. Para isso, várias práticas de conservação do solo e da água são instituídas no local.

Também vale a pena pensar na criação de barragens e no uso de sistemas integrados para a economia de água.

E então, conseguimos sanar as suas dúvidas sobre o desperdício de água na agricultura? Fique de olho no Blog da Irrigat para mais posts deste tema!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *