fbpx

Fertirrigação e irrigação: diferenças e vantagens de cada uma

Fertirrigação e irrigação

Você conhece bem as técnicas de fertirrigação e irrigação? Ambas são usadas para aumentar a produtividade e garantir uma melhor colheita, trazendo cuidados específicos para a sobrevivência e crescimento do plantio.

Neste post, vamos explicar um pouco melhor as duas práticas e mostrar como elas podem ajudar a sua lavoura. Acompanhe!

O que é irrigação?

Todas as plantações têm necessidade de água na quantidade e momento adequados. A irrigação serve para cobrir essa demanda, principalmente em períodos de maior seca ou má distribuição da chuva.

Com o uso da técnica, é possível oferecer água à plantação em quantidade dosada e nos momentos corretos. A irrigação pode ser do tipo localizada, por aspersão ou superficial.

Quais as vantagens?

A irrigação tem um baixo custo de mão de obra, com aplicação altamente eficiente. Mesmo as diferenças nos declives dos terrenos não influenciam o resultado da técnica, que pode ser aplicada em diversos tipos de solo.

Inclusive, em alguns sistemas (como no carretel de irrigação), não é preciso realizar obras na área, o que facilita muito a implementação. Essas opções são sistemas móveis, semi-automatizados e deixam a área livre dos tubos usados para a distribuição de água.

Irrigação IRRIGAT
Fonte: IRRIGAT

O que é fertirrigação?

A fertirrigação utiliza o sistema de irrigação para adubar as plantas. Ou seja, nesta técnica, ocorre a adição de adubos minerais na água da irrigação, levando os nutrientes para as raízes das plantas.

Podem ser usados fertilizantes líquidos e sólidos diluídos em água, aplicados por meio de técnicas como aspersão, gotejamento e microaspersão.

A aspersão para aplicar os fertilizantes é uma excelente alternativa, principalmente quando for usado o carretel móvel para o trabalho. Esta ferramenta dispensa o uso de trator e de distribuição de esterco, e a tarefa pode ser feita a qualquer momento.

Quais as vantagens?

A fertirrigação acelera o ciclo de nutrientes e promove resultados mais rápidos do que a aplicação convencional de fertilizantes no solo.

Isso porque no método tradicional, o fertilizante sólido é aplicado, mas precisa da ação da água (seja por chuva ou irrigação) para que consiga penetrar no solo.

Com a técnica de fertirrigação, a penetração do adubo acontece de maneira mais eficiente e uniforme, facilitando a absorção dos nutrientes e contribuindo para a conservação do solo.

Para essa aplicação, o método mais indicado de irrigação é o de aspersão.

Fetirrigação IRRIGAT
Fonte: IRRIGAT

Qual a diferença entre fertirrigação e irrigação?

Na verdade, trata-se da mesma estratégia de cuidado da plantação, inclusive permitindo o uso dos mesmos equipamentos, como o carretel móvel e automático. O objetivo é fazer uma distribuição prática e uniforme de substâncias essenciais para que a cultura consiga se desenvolver.

Porém, a diferença está no que é depositado no solo. Enquanto na irrigação há apenas a aplicação de água, a fertirrigação utiliza a água misturada com fertilizantes para um melhor crescimento do plantio.

Gostou de saber mais sobre a fertirrigação e a irrigação? É um cuidado importante para valorizar ainda mais o seu trabalho e obter um retorno melhor na hora da colheita. Vale citar que o uso de ferramentas adequadas tornam tudo mais prático e eficiente, sendo assim um ótimo investimento.

Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar!