fbpx

Gestão de fazendas: como se preparar para 2021!

Gestão de fazendas

Fazer uma boa gestão de fazendas é primordial para garantir bons resultados e o sucesso da produção rural! Seus processos e estratégias ajudam o produtor a tomar decisões mais assertivas e comandar o negócio com eficiência.

Quer entender melhor do assunto e colocar em prática na sua propriedade? Então, siga a leitura do artigo de hoje e descubra o que é gestão de fazendas. Veja também algumas formas de aplicá-la e prepare-se para 2021!

O que é gestão de fazendas?

A gestão de fazendas é um conjunto de atividades que envolvem diversas habilidades e formas de conhecimento que são aplicadas à administração da fazenda visando tornar o negócio rural mais produtivo, lucrativo e profissional.

Em outras palavras, engloba conhecimento em aspectos técnicos do manejo rural (relacionados à atividade-fim, que é o cultivo e a criação animal), mas também capacidades para decisões financeiras e estratégicas de negócio, assim como gerenciamento e capacitação da equipe.

Ou seja, a gestão de fazendas oferece uma metodologia holística para a administração da propriedade rural, incluindo uma visão de mercado que olha para o futuro, preocupada com a sustentabilidade do negócio e o uso consciente de novas tecnologias.

São habilidades importantes para o gestor de fazendas: conhecimento técnico sólido, compreensão do mercado, estudo e atualização constantes, atenção às novas tendências, capacidade de negociação e liderança.

5 princípios da gestão de fazendas para você botar em prática

Agora você já sabe o que é gestão de fazendas — e por que ela é tão importante para a prosperidade do seu negócio. Mas como aplicar esse conceito? Para isso, existem alguns princípios básicos!

Talvez você já coloque alguns deles em prática na sua administração rural. Portanto, veja abaixo quais são os 5 princípios da gestão de fazendas, identifique o que está em falta no seu negócio e comece a implementar já no próximo ano!

1. Foco no bem-estar animal

Pensando nos principais produtos do agronegócio, a capacidade produtiva dos animais desempenha um papel fundamental. Por isso, os princípios de bem-estar animal devem ser uma prioridade nas atividades rotineiras da gestão de fazendas.

Isso inclui o manejo correto e cuidadoso dos animais (evitando infligir sofrimento e dor), uma dieta rica em nutrientes importantes para o desenvolvimento do rebanho, além de uma infraestrutura adequada que promova o bem-estar e o descanso do animal.

2. Estratégias e conhecimento diversificado

Estudo, estratégia e conhecimento são a chave para o sucesso de qualquer negócio. No meio rural não é diferente!

Quanto mais diversificado é o conhecimento da equipe, melhores são as soluções para os problemas e desafios diários que passam pela gestão de fazendas e chegam até a administração da empresa rural.

Por isso, cerque-se de profissionais capacitados com expertise em diferentes especialidades, sejam relativas ao tipo de produção/animal/cultivo, à localização geográfica do negócio ou mesmo a questões administrativas, burocráticas e financeiras.

3. Acompanhamento e relatórios em dia

Na gestão de fazendas, qualquer decisão para otimizar o negócio deve ter como base a avaliação de dados relevantes, como: custos básicos, gastos eventuais, números e indicadores relacionados à produtividade e às perdas da propriedade, performance dos colaboradores, entre outros.

Para manter tudo isso em ordem e interpretar os números de maneira assertiva, é super importante que você e/ou sua equipe façam um acompanhamento periódico de todos os aspectos quantificáveis da propriedade e mantenham os relatórios atualizados.

4. Tecnologia como uma aliada

A tecnologia chegou para ficar de vez no campo! Ela é uma aliada que ajuda a reduzir a necessidade de mão-de-obra em tarefas repetitivas, otimiza o tempo dos colaboradores e traz indicadores importantes para melhorar a produtividade.

Desde as máquinas que aumentam a eficiência de atividades pesadas até os softwares de ponta que realizam análises complexas, o investimento em inovações tecnológicas é um dos princípios fundamentais da gestão de fazendas atualmente.

5. O papel e a visão do líder

Por fim, todas as atividades, processos e estratégias precisam estar bem amarrados dentro da gestão de fazendas para que o negócio funcione bem e prospere. É aí que entra o papel da liderança.

Com uma visão estratégica de líder, atenta à complexidade do negócio como um todo, é possível valorizar as principais características do empreendimento e da empresa, identificar potenciais riscos e falhas e agir proativamente para administrá-los da melhor maneira possível.

Conclusão

Adotando boas estratégias e processos para gestão de fazendas, você pode aumentar o retorno sobre seus investimentos, reduzir gastos, alocar adequadamente recursos financeiros e seguir um planejamento agrícola adequado para atingir metas e objetivos.

Para isso, a dica é apostar em muito estudo, capacitação e manter um bom radar para as mudanças e tendências do agronegócio que podem aumentar a lucratividade do seu negócio.

Continue nos acompanhando para ver mais novidades e informações sobre agricultura aqui no blog da IRRIGAT!