Irrigação como um complemento da chuva natural

O uso da irrigação é um recurso valioso para complementar a chuva que não vem de maneira regular. Com a tecnologia o produtor não depende só de São Pedro para produzir.

A irrigação serve para diminuir determinados períodos de estiagem. A falta de chuva em um determinado período específico pode comprometer a colheita. Veja por exemplo, época de plantar o tifton, cuja saca de 1kg gira em média R$70 (sem entrarmos no mérito do tipo de tifton específico). Para cada 1 hectare você precisará cerca de 20 sacas. Considera-se para 7 hectares por exemplo, o investimento médio de R$9.800. E se não chover após o plantio? Você perderá tudo? Ou chover menos que o necessário e não haver a produção com o volume esperado?

Por isso, a irrigação pode ser vista como um complemento à chuva natural, um investimento que mesmo em uma quantidade pequena de plantio se paga, oferecendo tranquilidade para que o produtor possa se concentrar em outros detalhes do manejo que farão diferença na produtividade da propriedade.