Fique sabendo tudo o que for relacionado a irrigação.

Ver mais notícias

Irrigação de cebola e seus resultados

Irrigação de cebola e seus resultados

Saiba mais sobre irrigação de cebola e seus resultados em aumento de produtividade.

A cebola, o legume usado como tempero mais famoso do mundo, utilizado a séculos, acredita-se ter sido originado em áreas tropicais centrais ou da Ásia Ocidental. Existem três cores de cebola: Amarela, vermelha e branca. Aproximadamente 88% desta cultura é voltada para a variedade amarela, 7% para a vermelha e 5% para a branca. Entenda no texto como a irrigação pode aumentar a produtividade da cebola.

A produção mundial fica em torno de 64 milhões de toneladas que são cultivados em 3,45 milhões de hectares (FAO, 2007). Os maiores produtores de cebola do mundo são a China, Índia, EUA, Paquistão, Turquia, Rússia, Iran, Brasil, México e Espanha. A China é o maior produtor de cebolas do mundo sendo que 44.5% de toda a cebola colhida no mundo é da China e Índia. A maior produtividade do mundo está na Irlanda onde consegue-se 58 ton/ha. A demanda por cebolas de mesa (fresca) e cebolas processadas cresce a cada dia, enquanto a disponibilidade de terras para o seu cultivo reduz, o que significa que a relação “produtividade x área plantada”  terá de ser aumentada. Este aumento de produtividade pode ser atingido a partir do fornecimento adequado de água, considerando o uso eficiente da água e dos onerosos fertilizantes.

A cebola é cultivada em cerca de 175 países de temperatura sub tropical e tropical. A cebola é uma cultura de estações frias e sua produtividade é afetada significativamente pela temperatura. Um ambiente ótimo para a brotação da semente deve ter temperatura entre 20 e 25ºC, de 13 a 24ºC para o crescimento vegetativo, entre 15 e 21ºC antes de desenvolver o bulbo e para o desenvolvimento do bulbo entre 20 e 25ºC. A duração de um dia para as variedades de dias curtos deve ser de 12 horas, para variedades intermediárias, entre 12 e 14 horas e para variedades de dias longos, mais de 14 horas de luz para o bulbo.

A cebola requer solos férteis, leves, profundos e bem drenados. Além disso, podem ser adequados solos argilosos e aluviais com ph de 5,8 a 6,5. Solos compactados (> 1,6 a 1,7 g/cm3) afetam o aumento do bulbo. A cultura é moderadamente sensível a salinidade do solo com perda de produtividade sob diferentes níveis críticos de salinidade(ECe). Esta cultura é geralmente semeada em viveiros e transplantada após 30 ou 35 dias, porém, a semeadura feita diretamente no campo é também praticada.

O plantio é usualmente feito em buracos ou em canteiros, ou ainda buracos em canteiros. Dois buracos por canteiro, com espaçamento de 0.05m a 0.10m entre plantas. A temperatura ótima do solo para germinação é de 15 a 25°C. Para a produção a planta não deve florescer uma vez que isso pode afetar a produtividade. Os manejos do período de crescimento devem evitar danos às raízes e bulbos. A escolha da variedade correta é essencial, particularmente em detrimento da sua exigência quanto a  duração do dia, por exemplo, uma variedade de dias longos em zonas tropicais sob condições de dias curtos terá produção vegetativa sem formação de bulbos. A duração do período de crescimento varia com o clima, mas em geral, de 130 a 175 dias são necessários da semeadura até a colheita.

A implantação da irrigação e fertirrigação em cebola provou ser economicamente e tecnicamente viável além de benéfica em vários aspectos, tanto em regiões desenvolvidas quanto subdesenvolvidas do mundo. A irrigação sob vários tipos de situações agro ecológicos registrou produtividades mais altas (15 a 20 ton/ha) e aumentou os bulbos.

Para atingir altas produtividades de bulbo, as necessidades hídricas sazonais da planta foram estimadas em 400 a 775 mm sob várias condições climáticas, sob variados tempos de crescimento e taxa de evapotranspiração diária de 5 a 7,25 mm/dia. Utilizando programação de irrigação e mantendo o solo com 20 a 25 centibars para permitir o uso eficiente de água, fertilizantes, e energia elétrica.

A cebola é um grande fornecedor de nutrientes. Seu sistema radicular é raso e fibroso, por isso a fertirrigação é recomendada para o fornecimento de nutrientes de forma eficiente e de fácil acesso para a planta. O objetivo do programa de fertirrigação é cobrir a diferença entre a demanda e a oferta da cultura. Os nutrientes requeridos pela cebola irrigada são relativamente altos: 175 a 400 kg N, 75 a 150 kg P2O5, 200 a 300 kg K2O, 20 a 40 kg MgO. A absorção dos nutrientes pela cebola foram estimados em 160 kg N, 76 kg P2O5, 115 kg K2O, 16.6 kg MgO e 128 kg CaO/ha para uma produtividade de cultivo de 40 ton/ha. Outras das melhores práticas agrícolas incluem proteção da cultura contra pragas e doenças, controle de ervas daninhas, colheita e pós colheita e controle de perdas.

Compartilhar