Fique sabendo tudo o que for relacionado a irrigação.

Ver mais notícias

O que é agricultura de precisão? Conheça!

O que é agricultura de precisão? Conheça!

Você já ouviu falar em agricultura de precisão? Trata-se de um conjunto de práticas que pode aumentar em quase 70% a produtividade das lavouras por meio do uso de recursos tecnológicos, como inteligência artificial, internet das coisas, análise de dados, geolocalização e robótica.

Porém, mais relevante que o uso concreto destes recursos, é a necessidade de o produtor assumir um olhar diferenciado para a lavoura, levando em conta cada pedaço de terra da sua produção, observando as suas peculiaridades e necessidades e evitando desperdícios.

Atualmente, fica difícil para o pequeno e o médio produtor competirem com a enorme diversidade de recursos tecnológicos disponíveis no mercado. Dessa forma, a atualização tecnológica torna-se fundamental.

Na década de 1980, há quase 40 anos, somente 7% das propriedades brasileiras tinham um trator, para se ter uma ideia. A grande parte dos recursos tecnológicos concentrava-se nas propriedades dos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

A partir da década de 1990 a tecnologia passou a popularizar-se no campo, com a oferta de linhas de crédito pelo governo para os produtores. Hoje, o campo dá um novo passo em direção ao futuro com a possibilidade de previsão da produção e do acompanhamento em tempo real do trabalho realizado no campo. Podemos perceber uma grande quebra de paradigma neste contexto.

O que é agricultura de precisão?

A agricultura de precisão — que faz parte do conceito de Agricultura 4.0 — faz uso da análise de dados, maquinário autônomo e independente – conectado a sistemas de gestão — e aposta em inovações no campo da biotecnologia, aumentando o volume da colheita.

Vantagens obtidas com a agricultura de precisão

Aumento da produção em até 70% o que, consequentemente, aumenta a lucratividade;

Minimização dos impactos ambientais, como o uso excessivo do solo — é possível, por exemplo, avaliar quais áreas estão mais férteis e adequadas para o cultivo e estimular a produção somente naquele local, aumentando a longevidade do solo;

Otimização do uso de insumos, como sementes, água, fertilizantes, maquinário agrícola, combustível, etc.

Otimização do uso de recursos naturais, como a água — algo que também pode ser obtido com um sistema de irrigação eficiente.

Principais países que utilizam a agricultura de precisão

Os principais países que fazem uso da agricultura de precisão atualmente são Alemanha, Austrália, Reino Unido e Nova Zelândia. No Brasil, um dos estados que está sendo protagonista neste processo é o Mato Grosso. Em 2015, 42% dos produtores rurais desta região já faziam uso da agricultura de precisão.

No Brasil, as culturas que mais utilizam a agricultura de precisão são as culturas de milho, soja, café, cana e feijão, além da fruticultura e da pecuária, especialmente na aplicação localizada de fertilizantes, de acordo com a necessidade de cada parte do solo.

Como é realizada a agricultura de precisão?

Antes mesmo de iniciar a produção, os profissionais realizam a coleta de dados na propriedade, de maneira a avaliar alguns dados relacionados à produção. Quanto mais completa e precisa for essa coleta, maior a precisão da estimativa de produção realizada. Medidas como essa ajudam a controlar a competitividade e a sustentabilidade do negócio.

O método pode ser aplicado em propriedades pequenas, médias ou grandes sem prejuízo e alertam para a importância de contratar mão-de-obra qualificada para a interpretação dos dados. Devido ao alto custo deste tipo de mão-de-obra, muitos produtores acabam contratando uma empresa terceirizada para o levantamento destas informações, o que também pode ser uma boa opção.

É importante ressaltar que a adoção combinada da agricultura de precisão com um sistema de irrigação inteligente, pode trazer ótimos resultados para a sua propriedade, independentemente do cultivo. Com um sistema de irrigação, você pode elevar em até 200% a produtividade por hectare, mesmo que a região não enfrente problemas de seca.

Esperamos que o nosso conteúdo sobre agricultura de irrigação tenha sido útil para você! Qualquer dúvida entre em contato com conosco, por comentários aqui nesse post ou pelo nosso site, Irrigat. Até a próxima!

Compartilhar