Pastagem irrigada: o que considerar no planejamento

Pastagem irrigada

Com o aparecimento de novas tecnologias nos últimos anos, percebemos um maior cuidado com as plantas e animais na área do agronegócio, prezando pela alta performance e qualidade de plantio e produção. Neste cenário, a pastagem irrigada foi uma atividade que ganhou espaço e trouxe muitos benefícios para os produtores rurais.

Vantajosa para o aumento da produtividade, a técnica de irrigação de pastagens proporciona mais estabilidade, diminui o tempo de trabalho e reduz os custos de produção. Por isso, hoje trouxemos um mini-guia que irá te ajudar a planejar e escolher o melhor sistema de irrigação para o seu pasto.

Como viabilizar a irrigação: planejamento e cuidados com o terreno

Uma das vantagens da irrigação de pastagem é diminuir possíveis danos climáticos da região, como períodos de estiagem, por exemplo. Então, antes de pensar em qual o melhor sistema de irrigação para o seu pasto, é importante verificar alguns aspectos do solo, como:

  • o estado do terreno;
  • as condições de fertilidade do solo;
  • os teores de nutrientes;
  • que tipo de fertilizantes você poderá utilizar, etc.

Para realizar esse trabalho com qualidade, é importante contar com um apoio técnico que fará essa análise através de amostras de terra e estudos em laboratório. Além disso, é importante avaliar o tipo de produção com a qual você trabalha e como funcionam as delimitações do seu terreno, para que o sistema de irrigação escolhido atenda às suas necessidades de produção.

Ao optar pela irrigação de pastagens é importante aderir a algumas demandas que serão fundamentais para ter sucesso nessa aquisição, como:

  • adequação a mão-de-obra para demandas que irão surgir;
  • disponibilidade de uma infraestrutura mais adequada às demandas que irão surgir.
  • melhoria do cercamento e subdivisões do pasto.

Lembre-se que: Para ter uma experiência tranquila na aquisição de irrigação é necessário ter um planejamento prévio da atividade rural, dando devida atenção às suas metas, objetivos, possíveis riscos que poderá enfrentar e acompanhamento contínuo das suas ações e resultados.

Quais são os sistemas de irrigação mais usados em pastagens?

Para pastagens, existem muitos sistemas de irrigação que podem ser utilizados, mas todos dependem de muito fatores para serem postos em prática, como a topografia, o clima, o tipo de solo, os custos por investimento, entre outros.

Duas ótimas opções são a irrigação através de pivô central e aspersão por carretel enrolador, que garantem muita produtividade e amplo alcance de áreas irrigadas.

Irrigação através de pivô central

Este tipo de irrigação é um ótimo aliado para pastagens com produção de grande escala, pois possui um grande alcance em áreas extensas. É extremamente vantajosa para acima de 30 hectares. Com fácil manejo e instalação, este tipo de irrigação é realizada através de um movimento circular ao redor do terreno e conta com energia elétrica ou diesel para o seu funcionamento.

Apesar de trazer muitos benefícios para o pasto, o sistema de pivô central possui um custo bastante elevado para instalação e manutenção para áreas menores que 30 hectares, por isso, para quem optar por sistema deve estar atento a essa questão.

Irrigação através de carretel enrolador

Esse é o sistema de irrigação mais indicado para pequenos e médios produtores, por causa do rápido retorno sobre o investimento inicial. Além disso, esse tipo de irrigação não precisa de nenhuma mudança drástica no terreno, apenas instalações dos tubos e do motor.

O mais legal é que a irrigação por carretel enrolador também tem a opção de fertirrigação, que é indicada para o caso das pastagens. Com esse sistema, você consegue reaproveitar os dejetos de animais para utilizá-los na irrigação, unindo a hidratação com a nutrição do solo.

Vantagens que o destacam dos demais

Uma das grandes vantagens do carretel enrolador é garantia de obter área livre na sua lavoura, pois o espaço fica livre de tubos, possibilitando o fluxo de máquinas, pessoas e animais e consequentemente, melhorando o fluxo de trabalho.

Outro benefício do carretel enrolador são os ciclos mais rápidos da pastagem, que geram uma produtividade maior e trazem muito mais resultados para o produtor!

Você pode ler mais sobre o carretel enrolador aqui e sobre a fertirrigação aqui!
Essas foram as nossas dicas de planejamento para você que quer aumentar a produtividade da sua pastagem irrigada. Aproveite e entenda mais sobre a irrigação de pastagem por aspersão e saiba qual é a melhor escolha para você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *