fbpx

As melhores raças de gado leiteiro para você começar sua criação

Raças de gado leiteiro

No intuito de fazer boas escolhas no agronegócio e garantir uma boa produção de leite, o profissional precisa expandir o conhecimento neste segmento, conhecer as melhores raças de gado leiteiro e escolher aquela que garantirá o futuro do seu negócio.

Essa é a questão mais importante na hora de começar sua criação. Afinal, ela definirá o desenvolvimento dos processos contidos na sua gestão de atividades diárias e o sistema de produção baseado no seu objetivo para fins comerciais.

Se você quer saber quais são as principais características e média de lactação de cada uma delas, não deixe conferir os tópicos abaixo e tirar todas as suas dúvidas. Boa leitura!

Jersey

Além de apresentarem uma grande longevidade, a Jersey é uma das raças de gado mais férteis, que produz em 305 dias de lactação uma quantidade de 3.500 a 5.500 mil kg de leite (em média). Ademais, tem origem europeia e apresenta pelos que variam da cor pardo escura ao amarelo claro.

Se você deseja investir na produção de laticínios, saiba que esta raça dispõe dos teores de proteína e gordura necessários na fabricação de alimentos de qualidade. Na opinião de especialista da área, ela é o segundo melhor gado leiteiro.

Holandesa

Considerada como a melhor raça de gado leiteiro do mundo, a Holandesa produz em 305 dias uma média de lactação que varia de 6 a 10 mil kg de leite. No entanto, devido ao fato delas serem o resultado do cruzamento de várias raças correspondentes a Europa, elas não se adaptam facilmente ao local.

É necessário um bom manejo, lidar com questões climáticas e também as que favorecem a comodidade do animal no lugar. É ideal aos que desejam ter um sistema de média ou alta produção. Dispõem de uma pelagem muito característica: vermelho e branco ou preto e branco.

Zebu Leiteiras

De todas as raças Zebu Leiteiras, Gir é a mais utilizada nos cruzamentos e tem uma produção média de 777 kg de leite em 286 dias. Há também a Guzerá (2.071 kg em 270 dias) e a Sindi (2.266 kg em 250 dias). Diferente das Holandesas, elas adaptam muito bem as questões relacionadas ao clima.

Com origem indiana, Gir é uma das raças de gado considerada a mais maleáveis e que apresentam uma boa capacidade de produção e reprodução. Dispõe de uma variedade na cor dos pelos e são tão rústicas quanto a raça Holandesa.

Pardo Suíço

Pardo Suíço é uma das raças de gado mais antigas focada nesta finalidade. Ela apresenta uma média 2.500 kg em 200 dias no período de lactação. Apesar da Holandesa e das raças Zebu Leiteiras serem muito úteis na comercialização de cortes, esta é destinada apenas para produção leiteira.

Girolando

Como próprio nome pode dar a dica, Girolando é um gado leiteiro resultado do cruzamento entre a raça Gir e Holandesa. Tem uma produção de 5.061 kg em 283 dias e é responsável por 80% da comercialização de leite no nosso país. Afinal, ela é originalmente brasileira. Apresenta uma boa produção, reprodução e de fácil adaptação ao local.

Durante leitura deste artigo você conheceu algumas raças de gado leiteiro para que você comece sua criação com aqueles animais que ajudam no crescimento do seu agronegócio. Portanto, leve em consideração nossas dicas para garantir o sucesso do seu negócio.

Enfim, continue conosco e leia este artigo sobre os 5 melhores tipos de pasto para alimentar a sua criação de gado.