fbpx

Sistema de irrigação: como escolher um? Qual é o melhor para a sua cultura?

Sistema de irrigação Irrigatinho

Encontrar o sistema de irrigação certo é essencial para melhorar sua produção. Então é necessário ficar atento a diversos fatores antes de escolher o tipo de sistema, considerando principalmente qual cultura será produzida.

Caso você escolha um sistema de irrigação que não é o ideal para sua cultura, há grandes chances do resultado da sua produção não ser como o esperado. Este é um dos muitos erros na irrigação que prejudicam sua produtividade.

Fatores para escolher um sistema de irrigação

Alguns fatores básicos que devem ser analisados antes de você tomar uma decisão:

Clima

O primeiro fator diz respeito ao clima, pois é o que dita se você precisa de pouca ou muita irrigação em sua produção. Isso porque a quantidade de chuva, assim como a velocidade e a frequência dos ventos, é o que decidirá o foco da sua irrigação.

Cultivos em regiões mais secas, principalmente durante o período de germinação, requerem obrigatoriamente um sistema de irrigação. Já em regiões com altos índices pluviais, você pode ter um sistema de irrigação apenas de forma complementar.

Aqui no blog, já falamos sobre a importância da previsão do tempo na agricultura, onde apontamos algumas ferramentas online que são bem importantes para manter esse controle. Vale a pena ler!

Solo

Outro fator muito importante na hora de pensar em irrigação é o solo. Uma análise de onde você irá plantar é essencial, verificando se o tipo de solo escolhido absorve mais ou menos água, por exemplo, e a velocidade de infiltração básica.

Assim, podemos definir o tipo de irrigação mais facilmente por solo:

  • Em regiões com alta velocidade de infiltração, o melhor método é por aspersão;
  • Em regiões intermediárias, a maioria dos sistemas atende a plantação;
  • Em regiões de baixa velocidade, o melhor sistema é a irrigação localizada.

Relevo

Em superfícies planas, vários tipos de irrigação se adaptam bem. Porém, quando há relevos no solo, escolher o sistema errado pode custar muito para sua produção.

A irrigação por aspersão, por exemplo, funciona bem em áreas com relevo pouco acentuado ou ondulado. Já em áreas com grandes declives, é preciso fazer uma avaliação pontual para determinar o sistema ideal.

Tamanho da área

O tamanho da área irrigada também é um fator a se considerar na hora de escolher seu sistema de irrigação. Áreas maiores, por exemplo, exigem sistemas que alcancem a maior parte da produção, otimizando mão de obra e tempo. O tipo ideal para esse caso é a irrigação por aspersão.

Quando falamos em irrigação para pequenos e médios agricultores, os irrigadores por aspersão também são os mais indicados — mas não os convencionais. Nesse caso, é melhor usar o carretel, cujo sistema é automatizado, pois ele ajuda a melhorar a produtividade e a lucratividade do plantio na área.

Cultivo

O tipo de cultivo e de culturas escolhidas para a produção são os principais fatores que definirão qual sistema utilizar. Por exemplo:

  • Arroz: sistema de inundação, sub irrigação e aspersão;
  • Feijão: sistemas de aspersão, autopropelido e pivô central;
  • Milho: sistema de irrigação por aspersão.

Escolha o melhor sistema de irrigação para a sua realidade

Saber alguns fatores, como os que mostramos, ajuda muito na hora de escolher o sistema de irrigação ideal para sua produção.

Outro ponto que também pesa na escolha é o quanto você pode investir em um sistema de irrigação. Para isso, saiba que existem ótimos sistemas de irrigação de baixo custo para pequenos e médios produtores rurais.

Boa produção e até a próxima!

Powered by Rock Convert