Tensiômetro: qual sua verdadeira importância para irrigação?

Tensiômetro

Já que a irrigação é um dos elementos principais para que as culturas se desenvolvam corretamente, é mais garantido ter segurança, além da diminuição de gastos com água, usando um tensiômetro. Mas, o que é um tensiômetro? Para responder essa pergunta, abaixo, nós vamos mostrar para você as diversas informações sobre esse elemento essencial do agronegócio.

O que é tensiômetro?

Existe uma maneira muito eficiente de definir o que é o tensiômetro. Ele é um instrumento que mede a tensão da água que está sendo retida pelo solo. Através dessas informações, podemos fazer diversas mudanças no solo, de uma maneira mais pontual e prática, caso seja necessário.

Em função disso, o tensiômetro acabou se tornando um dos instrumentos mais utilizados em diversos cultivos. Como já dissemos, ele é um dispositivo muito preciso, que varia entre modelos analógicos e até mesmo os mais tecnológicos.

Contudo, o aparelho mais simples é formado por um tubo de PVC, um vacuômetro e um módulo de porcelanato. Sua verificação acontece a partir do momento em que o tubo de PVC alcança a mesma profundidade das raízes dos cultivos. Então, a partir do módulo de porcelanato, é possível fazer a medição específica.

Geralmente, os tensiômetros são instalados em pares, chamados de tensiômetro de controle e de decisão. No último caso, o aparelho prevê o estado de profundidade da área em que se encontra o cultivo.

Tensiômetro
Geomor

Qual a finalidade do tensiômetro para irrigação?

O tensiômetro é perfeito para medir o parâmetro exato da umidade existente em um solo que está sendo cultivado. O sistema prevê a curva de retenção do ambiente, fazendo isso em tempo real. Com essas informações, sua irrigação poderá ser mais precisa, desde quantidade de água necessária até os locais com mais ou menos necessidade. Assim, sua plantação poderá se beneficiar muito mais!

Vantagens e desvantagens do tensiômetro

Como qualquer sistema, o tensiômetro possui suas vantagens e desvantagens. Logo, cabe a você analisar se vale a pena ter o medidor em sua plantação ou, talvez, um outro tipo de aparelho com a mesma finalidade. A seguir, trouxemos os principais pontos:

Vantagens

  • acompanhamento em tempo real da umidade do solo;
  • manejos mais inteligentes e pontuais nas plantações;
  • por ser um dos equipamentos mais usados no mundo, é fácil de ser encontrado em mercados especializados;
  • fácil de ser instalado;
  • ajuda a fortalecer as culturas.
  • Desvantagens

  • as leituras precisam ser feitas manualmente todos os dias;
  • são necessárias manutenções frequentes;
  • impossível de ser usado em solos argilosos;
  • é preciso ter pessoas capacitadas para executar a medição.
  • O tensiômetro é um dispositivo bem útil para o seu cultivo, não é mesmo? Com ele, seu negócio fica mais seguro e inteligente. A nossa última dica é sempre ter um tensiômetro em diversas regiões dos seus cultivares. Assim, a medição será precisa e você poderá manejar muito bem suas culturas.

    Esperamos que você tenha gostado do nosso conteúdo sobre tensiômetro para irrigação! Saiba mais sobre o que torna um solo fértil  para que seu agronegócio seja um dos mais desenvolvidos do país! Esperamos você no próximo texto. Até mais!